Ello é uma amostra do inevitável destino das redes sociais

Uma semana atrás fiz uma brincadeira na palestra Take Your Community Back que muitos já me ouviram fazer. Falei que a qualquer momento poderia surgir uma nova rede social que tirasse do Facebook os usuários mais antenados. 

Bom, não acredito que o Ello tenha tirado ninguém do feice, mas com certeza houve uma corrida para ver do que se tratava entre os mais ligados nas novidades. E começou com a insatisfação com as políticas do Facebook sobre nomes de usuários e o uso das informações pessoas para venda de publicidade, como o manifesto do Ello revela.

Acho difícil que o Ello vá a lugar algum. Investir para manter e crescer um serviço como esse requer recursos. Sem a receita de publicidade, como garantir esse dinheiro?

Mas o mais importante é que ele mostra que a história não acabou “só” porque o Facebook tem mais de 1 bilhão de usuários. Como diz a apresentação Take Your Community Back, a mídia social é construída sobre um terreno instável, as relações sociais. A qualquer momento, seu castelo pode começar a desmoronar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *